Uma surpresa no meu bairro

Eu acabei de trocar minha câmera. Eu tinha uma Nikon Coolpix P520 com um zoom bem bacana de 42x.

O que eu não curtia? Ela demorava muito pra focar e, por isso, muitas vezes eu perdia o clique do pássaro. Quando o foco encontrava o objeto, o “objeto” já tinha voado! 🙂

Além disso, o visor era muito pequeno. Não dava para saber exatamente como a foto ia ficar.

Como eu não me dou bem com aquelas câmeras gigantes dos meus amigos passarinheiros, aquelas com lente cambiável, eu fui pesquisar as novas câmeras com zoom potente e um visor bacana.

Então, encontrei a Nikon Coolpix P900 e pirei!

Só pra ficar claro, esse post não é publicidade, tá?

O super zoom de 83x é alucinante! Dá pra ver uma pequena ave lá no topo de uma árvore com muita nitidez! Lógico que para fotos com o zoom no máximo são difíceis de tirar. Em alguns casos um tripé é fundamental para ter mais estabilidade na hora de clicar.

Além disso, o visor é bem maior que o da minha máquina antiga.

Estou apaixonada! 🙂

Um ponto fraco? Ainda não consegui fazer boas fotos com pouca luz. Mas tudo bem… não sou do tipo que sai pra passarinhar à noite.

E na minha primeira passarinhada pelo bairro com minha câmera nova, uma surpresa! Um Sabiá-laranjeira bem diferente, com plumagem leucística, que o deixa todo branco! Olha que lindo…

Blog Animal Chic 4 Blog Animal Chic 2 Blog Animal Chic 1 Blog Animal Chic 5 Blog Animal Chic

Se vc quiser ver outras fotos do Sabiá-laranjeira, clica aí embaixo no meu álbum do Pinterest.

Siga o painel Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris) de Blog Animal Chic no Pinterest.//assets.pinterest.com/js/pinit.js

Beijos, Ju Diniz

Anúncios

Ibirapuera, meu novo lugar preferido de SP!

Desde a chegada da Maria, não consigo sair para passarinhar como antes. A causa é nobre, lógico! Mas sinto falta de ter algum contato com a natureza, com os animais, com as aves…

Agora com ela um pouco maior, gosto de ir à parques da cidade. A conveniência de ter onde estacionar e de estar perto de casa para qualquer possível eventualidade é encantadora.

Então, Maria no sling e câmera pendurada no pescoço… bora para um dos cantinhos de São Paulo que mais tenho amado: o Viveiro Manequinho Lopes, no Parque Ibirapuera.

Além de ser um lugar tranquilo, é possível observar muitas aves diferentes… além das comuns e encantadoras aves da cidade como o Sabiá-laranjeira.

Eu recomendo o passeio…

Blog Animal Chic 1 Blog Animal Chic 6 Blog Animal Chic 9 Blog Animal Chic 4 Blog Animal Chic Blog Animal Chic 5 Blog Animal Chic 3 Blog Animal Chic 7 Blog Animal Chic 8

Beijos, Ju Diniz

#Passarinhei – Sabiá-laranjeira

Eu não me canso de observar os Sabiás-laranjeira na cidade de São Paulo!

Donos de um canto incrível (ouça AQUI), eles têm tomado conta da noites da cidade. Já ouviu?

Ainda não se sabe o motivo ao certo, mas os Sabiás cantam durante as madrugadas nessa época do ano. Pode ser por causa da luz da cidade. Ou então, por se tratar de um período em que há menos ruído. Assim, eles podem cantar e ser ouvidos por suas fêmeas e por outros machos “concorrentes”.

Quem já ouviu?

Aqui onde moro eles começam cedo! Por volta de 1h30 da madrugada já é possível ouvir seu canto.

Quem aí já ouviu?

DSCN1947

DSCN1950

É triste saber que uma nós podemos ter culpa na mudança de comportamento dessas aves.

Mas ainda assim, elas resistem! Em todas as esquinas, árvores e madrugadas.

Um beijo, Ju Diniz

 

Foto de Setembro/14.

#Passarinhei da janela do apartamento

Faz tempo que não consigo sair para passarinhar com os amigos e companheiros de sempre. Mas nem por isso deixei de observar as aves!

São Paulo, por incrível que pareça, tem uma variedade gigante de aves que podemos observar! Nas árvores, na janela do apartamento, no chão, no céu!

Basta abrir seus olhos e seu coração para a beleza que a Natureza insiste em nos mostrar!

DSCN0906

DSCN0900

DSCN0905

DSCN0904

DSCN0899

Beijos, Ju Diniz

#Passarinhei – Sabiá-laranjeira

Fechando a semana com uma ave que é quase um símbolo de São Paulo: o Sabiá-laranjeira!

O ninho do Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris) é feito entre setembro e janeiro, geralmente em arbustos, árvores de folhagem densa ou bananeiras, com fibras e gravetos ligados por um pouco de lama, num formato de tigela funda. Por dentro são revestidos de materiais mais macios como hastes de flores e capim. Fonte: Wikiaves

DSCN0871

DSCN0872

Se quiser ver outras fotos minhas do Sabiá-laranjeira, acesse meu álbum no Pinterest!

Siga o painel Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris) de Blog Animal Chic no Pinterest.//assets.pinterest.com/js/pinit.js

Beijos, Ju Diniz

 

Foto de Junho/14.

 

#Passarinhei – Sabiá-laranjeira

Mais uma ave que fotografei na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo/SP: o Sabiá-laranjeira.

Eu sei que essa é uma ave bastante comum aqui em SP. Mas não resisto! Acho tão linda que preciso clicar quando a vejo!

DSCN0295

DSCN0299

DSCN0296

Quer ver mais fotos minhas do Sabiá-laranjeira?

Acesse meu álbum no Pinterest!

Siga o painel Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris) de Blog Animal Chic no Pinterest.//assets.pinterest.com/js/pinit.js

Beijos, Ju Diniz

 

Foto de Junho/14.

#Passarinhei – Sabiá-laranjeira

Ultimamente só tenho Passarinhado da janela do apartamento!

Ainda bem que a árvore que fica em frente ao prédio onde moro atrai muitas aves durante todo o dia!

Meu visitante de ontem foi o Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris).

DSCN0232

DSCN0234

DSCN0236

DSCN0233

Lindo!

Para ver outros registros meus do Sabiá-laranjeira, é só acessar meu álbum no Pinterest.

Siga o painel Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris) de Blog Animal Chic no Pinterest.//assets.pinterest.com/js/pinit.js

Beijos, Ju Diniz

 

Foto de Junho/14.