Passarinhando na Trilha dos Tucanos

Eu contei AQUI que foi, essa semana, passarinhar com a Claudia Komesu na Trilha dos Tucanos em Tapiraí/SP.

Agora vou contar um pouquinho do que eu vi e tb, dividir com vcs a experiência.

Primeiro, preciso dizer: não há passarinhada mais fácil que essa. Se vc não quiser fazer trilhas, sujar o tênis de barro ou observar paisagens incríveis cheias de pequenos riachos e árvores lindas, é só sentar em uma das mesas do receptivo e observar as aves fabulosas que vêm aos montes no comedouro que o Marco Antonio Neumann mantém.

É impressionante! Logo no café da manhã, deliciosamente caipira e cheio de delícias oferecidos pelo Marco e por sua esposa Patrícia, um Benedito-de-testa-amarela aparece. Assim, a uma distância de 3 metros de nós.

Blog Animal Chic 10

COMO ASSIM????

Sim, perto a ponto de vc poder fotografar com o celular! Incrível!

Bom, depois de tomar um café delicioso na companhia do Marco e da Patrícia, Claudia e eu seguimos para a “casinha”, uma pequena construção camuflada onde vc pode, confortavelmente sentada, observar e fotografar aves como o Inhambuguaçu. Assim, pertinho, facinho!

Blog Animal Chic 1

Depois de fotografar em vários ângulos os 3 Inhambuguaçus que apareceram, seguimos por uma linda trilha com vegetação abundante e exuberante. Os beija-flores praticamente voavam sobre nossa cabeça. E lá no topo das árvores, pequenas aves se esbanjavam de insetos. E na altura dos olhos, insetos e outros pequenos animais pousavam para nossas lentes em meio à fotogênicas gotas de orvalho.

O Pula-pula-ribeirinho resolveu descansar bem na minha frente e aproveitou para cantar um pouco. Nunca tinha visto um Pula-pula tão calmo… deve ser a energia do lugar.

Blog Animal Chic 7

Sério, passarinhar na Trilha dos Tucanos é uma poesia.

Depois, ao som do canto de um Gavião-pega-macaco, Claudia seguiu por uma trilha para encontrar outros insetos enquanto eu voltei para o comedouro.

E lá eu fui presenteada por bandos de Catirumbava que performavam pequenos “arrastões” derrubando bebedouros e espantando outros bandos de Guaxe, Tiribas-de-testa-vermelha, Saíras-sete-cores e um casal de Tiê-preto.

Mais beija-flores flutuavam ao lado da minha cabeça, com o som ameaçador de suas asas se movimentando rapidamente. Beija-flor-preto, Beija-flor-de-papo-branco, Beija-flor-de-fronte-violeta, Beija-flor-cinza e Topetinho-verde aos montes, por todos os lados.

Foram 2 horas sentadas em frente à essa beleza, a cerca de 2 metros de animais por quem já havia me apaixonado antes à distância.

Depois, almoçamos na mesma mesa onde passei essas 2 horas deliciosas. A câmera nunca saiu do nosso lado. Nós até precisamos espantar a Saíra-sete-cores que sentou em nossa mesa e decidiu que compartilharia do nosso almoço.

Tudo isso a 2 horas e meia de São Paulo, conectados por uma estrada bem sinalizada e sem grandes desafios. Meu carro é relativamente baixo e, nem na curta estrada de terra, tive problemas.

O day-use cobrado é de R$ 70,00, um valor simbólico perto de toda a experiência.

Só posso resumir o momento com uma afirmativa: Voltarei em breve.

Pegar a estrada às 4 da manhã nunca foi tão prazeroso!

Blog Animal Chic 111

Marco, Claudia e eu. Foto de Patrícia.

Beijos, Ju Diniz

Um comentário sobre “Passarinhando na Trilha dos Tucanos

  1. Pingback: #Inspiração – Benedito-de-testa-amarela | Animal Chic por Ju Diniz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s