Muito além dos Beagles!

01

Muito se falou nas últimas semanas sobre o resgate dos cães da raça Beagle. E mesmo este sendo um blog inspirado na natureza e em animais, eu não tinha me pronunciado!

E a razão disso é que eu não tinha – e ainda não tenho – uma opinião clara sobre o assunto “teste em animais”. Ainda preciso de muita informação! Por favor, não entendam que este post é sobre o caso do Instituto Royal, em especial. Estou falando sobre o assunto completo, sobre os avanços da ciência que foram obtidos no passado com a prática de testes em animais. Por exemplo, há meses li que a vacina contra a AIDS havia sido criada e que começaria a ser testada em gorilas. Sou contra? Neste caso, não. Muitas vidas poderão ser salvas se essa vacina funcionar adequadamente. Mas também li sobre a falta de investimento em alternativas a esses testes. Sei que muitos testes poderiam ser evitados se houvesse investimento em pesquisas por outras soluções.

Enfim, um assunto bastante complexo. Adoraria ouvir a opinião de vcs…

Mas o que realmente me chamou atenção nesse processo todo foi o foco exclusivo e quase exaustivo nos cães Beagle! A mídia não cobriu uma ação de resgate de animais e sim, uma ação de resgate dos Beagles! Notaram?

02

Vivemos, hoje em dia, uma sociedade completamente apaixonada por cachorro! E eu não tenho nada contra essa paixão! De jeito nenhum! Também sou uma apaixonada.

Mas vejo que, muitas vezes, nos esquecemos de outros animais que precisam
de nossa ajuda tanto quanto os cães. Ou ainda mais que eles!

Mais uma vez, quero registrar que não tenho nada contra quem foi lá resgatar os cães, OK? Muito pelo contrário: tenho admiração por pessoas que saem do conforto de suas casas para lutar por uma causa tão nobre! Estou apenas abrindo uma discussão aqui. Para aumentar nosso campo de visão!

Creio que nesse tal instituto, outros animais também eram usados como cobaias para testes. Por exemplo, Ratos! E aí? Eles não merecem ser salvos porque são Ratos?

Segundo uma amiga bióloga que respeito muito e que acompanhou a ação em tempo real pela internet, a Martha Argel, os ativistas tentaram voltar para salvar os Ratos, mas não conseguiram. Creio que a grande mídia não achou que isso era notícia! 😦

03

Quer outro exemplo? Conheci a Andressa, bióloga que coordena o Pró-Tapir, um programa de monitoramento e conservação das Antas do Espírito Santo e ela me contou sobre a grande dificuldade que o projeto enfrenta para ajudar na conservação desses animais! São Antas, oras! Quem quer salvar uma Anta?

04

Você já viu algum grupo de Proteção aos Tubarões do Recife? Lógico que não!
Eles comem gente! É muito melhor salvar Golfinhos!

05

Enfim, quero chegar ao seguinte ponto: somos uma cadeia, uma grande corrente que precisa de cada elo para sobreviver. E por falta de conhecimento, alguns elos dessa corrente estão muito fracos, quase desaparecendo! E isso vai afetar a corrente toda, inclusive você!

Por isso, meu apelo hoje é para que nossos olhos sejam abertos e possamos enxergar o mundo todo e não só o que nos parece mais bonitinho ou fofinho!

Lógico, vamos salvar os Beagles, sim! Sem dúvida! Mas também vamos fazer nossa parte para salvar os Tubarões, os Gambás, as Antas, as Cobras… animais menos nobres em sua fama, mas extremamente importantes para essa grande corrente a qual pertencemos!

Assim, salvaremos o mundo e salvaremos a nós mesmos!

Um beijo, Ju Diniz

4 comentários sobre “Muito além dos Beagles!

  1. Eu também acho que todos merecem viver com respeito! E até as baratas voadoras! Mas olha, conheço uma menina, que estava no resgate do Royal.. conseguiram tirar uns coelhos de lá também… mas os policiais chegaram e não deixaram tirar o resto 😦 A intenção era salvar TODOS os animais… sem deixar nenhum para traz!
    :*

    • Oi, Lisa!
      Obrigada por seu comentário!
      Até coloquei no texto sobre a informação de que os ambientalistas tentaram voltar para salvar os ratos, mas foram impedidos! Tenho admiração pelo que eles fizeram!
      Mas parece que a mídia não se importou muito com os outros animais e deu foco apenas aos cachorros.
      Mais uma vez, obrigada pelo comentário!
      Um beijo, Ju Dini

  2. Olá Ju, sou do terceiro setor, contra degradação ambiental e da biodiversidade de nossa fauna, entendo que alguns dizem, porque os beagles, só porque são bonitinhos, não creio que seja esta a posição de muitos ambientalistas e protetores de animais. Eu ficaria com um deles se tivesse tido a oportunidade, e cuido de 4 cães de rua onde comem, bebem e dormem fora do frio e chuva, há + de 4 anos (2 pit bull’s), e os 3 cães de porte pequeno q tenho foram tirados da rua também, gatos salvos, enfim, temos que culpar principalmente os governos e seus administradores, pois mesmo tendo ações no MP contra o abandono de animais domesticos nas cidades, TAC’s e etc. eles se furtam apara não dispender recursos com essa finalidade, e a justiça não os pune diretamente, mas para uma empresa do tipo royal, conseguem milhões de reais – dinheiro suado dos nossos impostos – e quanto saiu pela tangente para encher os bolsos daqueles q liberaram tais verbas??

    • Dora,
      Obrigada por deixar seu comentário aqui! Que bacana seu trabalho e cuidado com os cães.
      Te admiro por isso!
      Queria apenas reforçar que este texto não foi um texto contra os cães, ou contra os Beagles! Na verdade, essa idéia do texto nasceu quando percebi que a grande mídia falava apenas sobre os cães, e não sobre os outros animais que estavam lá.
      Além disso, tenho contato com vários biólogos que lutam pela preservação de várias espécies e sei da dificuldade deles em conscientizar outras pessoas sobre a importância da preservação de animais como as antas, os papagaios-de-peito-roxo, etc.
      O problema não está em amar os cães, de forma alguma. O problema, no meu ponto de vista, está em matar uma cobra que invade seu quintal, em caçar os tubarões, em não enxergar a importância dos répteis, entende?
      Um beijo e parabéns pelo seu trabalho!
      Um beijo, Ju Diniz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s