Pulando como um Canguru

canguru03

Oi, meninas!

Hoje vou falar para vocês sobre o Canguru!

canguru06

As características do Canguru incluem patas traseiras muito desenvolvidas e a presença de uma bolsa (o marsúpio)  apenas nas fêmeas onde o filhote completa seu desenvolvimento. É o animal símbolo da Austrália. Fonte: Wikipédia.

canguru07

Mas por que eu vou falar do Canguru? Por que ele me lembrou muito o treino que fiz hoje na academia…

Bom, muito tem se falado sobre #projetoverão, #projetobarrigasequinha, #projetodaqui, #projetodelá… Vemos um novo #projeto nascendo a cada dia. Mas fica a pergunta: e o #projetosaúde, como anda?

Essa questão me veio à cabeça hoje pela manhã, quando conversava com um amigo que é personal trainer. Eu comentei com ele que tinha visto uma foto dele no Instagram de uma pessoa que falava sobre seu #projeto.

Foi então que ele dividiu comigo a sua preocupação. A primeira pergunta que ele me fez foi a seguinte: “Quem foi que disse que barriga sequinha é sinônimo de corpo saudável?

A pergunta é intrigante. Afinal, todas nós somos ensinadas a pensar que “magro é bom, gordo é mau”.

Além disso, somos todas constantemente bombardeadas por corpos perfeitos e “photoshopados”, modelos de dieta online ou até por absurdos como a Dieta do Jejum! Mas e a saúde?

Acho que a dica que eu queria deixar aqui é a seguinte: leia com “moderação” tudo o que se escreve sobre dieta e malhação. Além disso, busque ajuda de um BOM profissional: um Endocrinologista ou um Nutricionista, um bom Ortopedista… ou seu médico de confiança.

Pessoas têm necessidades diferentes em diferentes estágios de sua vida. Por isso, não dá para aplicar na sua vida o “passo a passo” que foi desenhado para a vida de outra pessoa!

Que fique claro: não quero condenar os #projetos das outras pessoas! Muito pelo contrário! Quando acordo com preguiça, eu entro no instagram e vejo a força de vontade e o corpo sarado das #meninasprojeto e me inspiro! Isso me tira da cama e eu vou para a academia!

Mas, assim como não podemos usar os produtos faciais da nossa mãe, não podemos copiar o treino/dieta dessas mulheres.

Por exemplo, veja meu caso. Eu tenho um histórico bastante complicado. Aos 5 anos comecei a fazer Ginástica Olímpica em um ritmo bastante competitivo. Pratiquei dos 5 aos 10 anos, 6 vezes por semana, 5 horas por dia! Ou seja, meu corpo hoje colhe os frutos do “mau uso” durante essa fase. Então, antes de definir meu treino, consultei um Ortopedista que, em parceria com meu professor, desenhou meu treino. Assim diminuo minhas dores e evito problemas no futuro. E, acredite, o futuro vai chegar para quem não cuida do corpo, para quem treina sem cuidado e para quem treina conscientemente!

Com relação à dieta, também consultei minha médica. Sei o que meu corpo precisa e também sei a quantia que meu corpo precisa. Não necessariamente para ficar magérrima! Mas para ficar saudável!

Tudo isso me deixa em paz quando vou para a academia! Sei que estou fazendo algo adequado para meu corpo, algo que não vai me prejudicar daqui a 5 anos! Meu treino foi alterado para começar a preparar meu corpo para ser mamãe – um dia serei, né? – e também para poder continuar usando meu sapato de salto (adoro)! Lógico, saltos praticáveis para o dia a dia, diferentes daqueles que usamos para sair para jantar!

canguru05

Assim, quero incentivar os #projetos de todas e incentivar a cada uma a se inspirar em um #projeto e seguir em frente! Mas com consciência! Procure bons profissionais e cuide bem do seu corpo! Afinal, ele te acompanhará por toda a vida!

Então, só dividindo com vcs um pouco da minha rotina de treino: não vivo sem musculação. Faço 4 vezes por semana. A Ginástica Olímpica da infância judiou bastante dos meus ligamentos. Assim, seguindo a prescrição médica, preciso fortalecer sempre a musculatura para que ela compense outras fraquezas do meu corpo!

Já na parte aeróbica, eu gosto de variar! Como uma boa geminiana, eu me canso facilmente das coisas. Odeio correr (ainda bem que não é o mais indicado no meu caso)! Gosto de um aparelho que simula uma subida de escadas, do aparelho chamado “Cross” e também das aulas de Spinning. Mas uma aula que eu tenho curtido bastante é a aula chamada de Hooping. Você pula a aula toda, mas tem o impacto suavizado pela botinha, que te ajuda no impulso de volta também!

canguru04

Mas, mais uma vez vou repetir: procure um médico. Esse tipo de exercício pode não ser adequado para você!

canguru03

Bom, é isso. Esse texto ficou longo, mas senti muita vontade de falar sobre isso com vcs depois de ter conversado com o professor na academia!

Beijos e bom treino, Ju Diniz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s